UM ESTÁDIO DE SURF. SIM É POSSÍVEL

CONGUITO JUNTA-SE AO UNIVERSO POKÉMON DA LEVI’S
26 de Fevereiro, 2021
PORTUGAL REGISTA 1.071 CASOS E 33 MORTES NAS ÚLTIMAS 24 HORAS
27 de Fevereiro, 2021

UM ESTÁDIO DE SURF. SIM É POSSÍVEL

A tecnologia não para de nos surpreender. Desta vez foi no Japão

Shizunami Wave Pool no Japão

A tecnologia é sempre, e cada vez mais sofisticada. Influência todos os sectores da vida humana incluindo o desporto. Seja para melhorar a performance do atleta, ou para permitir mais adrenalina ou até fazer coisas diferentes, o desenvolvimento tecnológico não para de nos surpreender.

E muito tem influenciado o universo do surf. Não só pelos novos designs de pranchas, muitas vezes já com materiais que nunca se pensou utilizar, nem pelo novo fatos que, a cada ano, são feitos com tecnologia mais avançada.

As ondas, essas, sempre se penso pertencerem ao mar e à natureza. Mas o homem já veio provar que não. E, como a sua determinação têm, nos últimos anos, desafiado o oceano na criação de ondas. Desde que a mítica piscina de Kelly Slater foi criada, em 2015, o fator piscina de ondas têm se desenvolvido um pouco por todo o mundo. Aliás, com certeza, um dia chegará a Portugal.

Já foram construídas piscinas na Austrália, Reino Unido e Estados Unidos. E agora foi a vez do Japão apresentar a sua mega estrutura aquática que, quase se parece com um estádio de futebol.

Utilizando a tecnologia  Perfect Swell, da American Wave Machines, a mesma da piscina de Waco Texas, esta nova infraestrutura japonesa promete levaram o desporto no país a um outro nível. Com os jogos olímpicos a aproximarem-se e, sendo o surf uma das modalidades presentes, não surpreende que o país asiático se tenha virado para o desporto.

O mais interessante e surpreendente é que esta infraestrutura foi construída em menos de um ano. Ora veja.