SPORTING NOS OITAVOS DE FINAL E FC PORTO CONTINUA A LUTAR PELO LUGAR

LEXUS É PARCEIRA DE MAIS UMA EDIÇÃO DO EXODUS AVEIRO FEST
25 de Novembro, 2021
ANTÓNIO MENDONÇA FOI RECEBIDO NO ALMOÇO-DEBATE DO INTERNATIONAL CLUB OF PORTUGAL
25 de Novembro, 2021

SPORTING NOS OITAVOS DE FINAL E FC PORTO CONTINUA A LUTAR PELO LUGAR

Em Alvalade, Sporting venceu o Dortmund por três golos a um. Em Anfield, o Liverpool venceu o FC Porto por dois golos.  

O Sporting está nos oitavos de final da Liga dos Campeões após a vitória merecida sobre o Borussia Dortmund. Bastava uma vitória por dois golos de diferença, mas a equipa de Rúben Amorim marcou três e até poderiam ter sido mais.  

Pedro Gonçalves foi a figura do jogo que abriu caminho com dois golos ainda na primeira parte que se revelaram decisivos. O primeiro foi um lançamento de Coates que o isolou e o atacante, com frieza, não desperdiçou e depois, aos 39′, com uma bomba fora da área a levantar o estádio de Alvalade que viveu uma noite de enorme festa e euforia.   

Dos dois podiam ter passado para três, mas Pedro Gonçalves desperdiçou um penálti na segunda parte, que valeu a atenção de Porro que, na recarga, fez o terceiro. O Borussia, que ia causando perigo sobretudo em algumas iniciativas de Malen, pouco conseguiu fazer, a não ser já nos instantes finais, com um golo do próprio Malen.  

O Sporting é o primeiro representante português nos oitavos. Esta passagem aos oitavos de final da Champions, algo que aconteceu pela segunda vez na sua história, valeu ao Sporting 12,4 ME euros. Ao todo, os Leões já arrecadaram 46,06 milhões de euros, montante que ainda pode subir. A estrela do jogo, Pedro Gonçalves, foi nomeada para melhor jogador da semana da Liga. 

Já o FC Porto sai de Liverpool com uma derrota por 2-0, mas continua a depender apenas de si para se qualificar para os oitavos de final.  

«Foi, talvez, a melhor primeira parte que fizemos contra o Liverpool e já os defrontámos algumas vezes. Criámos três ou quatro ocasiões para marcar, enquanto eles tiveram uma situação mais difícil para nós, numa altura em que o Pepe estava para ser substituído. Fomos rigorosos defensivamente até ao intervalo», começou por analisar Sérgio Conceição, segundo o jornal A Bola. 

O treinador dos dragões acredita que a equipa começou bem a segunda parte. O FC Porto criou uma situação pelo Uribe para marcar até que, “numa falta que me deixou muitas dúvidas, pois até me pareceu a nosso favor”, apareceu o golo do Liverpool num remate de Thiago. Logo de seguida, foi visível a qualidade de Salah quando marcou um segundo golo contra a equipa de Sérgio Conceição.  

No final do jogo, o treinador da equipa portuense era um treinador muito mais satisfeito do que aquele que se viu após o encontro entre as duas equipas do Estádio do Dragão, que terminou em cinco a um para os ingleses. 

Texto escrito por Maria Ana Tojo

Toyota RAV4
Slider