SAIBA QUAL É A MARCA PORTUGUESA MAIS VALIOSA EM 2022

“MANIFEST” RECEBE TEASER DA TEMPORADA FINAL
23 de Junho, 2022
SÉRIE LIMITADA MY AMI BUGGY ESGOTADA EM 17 MINUTOS
23 de Junho, 2022

SAIBA QUAL É A MARCA PORTUGUESA MAIS VALIOSA EM 2022

Crédito: Pentagram

Conheça também qual é a marca que registou o maior crescimento.

A Consultora OnStrategy apresenta os resultados do estudo das Marcas Portuguesas Mais Valiosas 2022, reportando aos resultados financeiros de 2021. Entre mais de 200 marcas portuguesas que publicam as suas contas, destaca-se a EDP com 2.876 M€.

O cálculo do Valor Financeiro de Marca é desenvolvido em conformidade as normas ISO20671 (avaliação de estratégia e força) e ISO10668 (avaliação financeira) através da metodologia de Royalty Relief, cujo processo obedece às seguintes fases: determinação de estimativas de vendas e prestação de serviços, determinação do índice de força de marca (relação emocional e comportamental, reputação, experiência, presença e atividade no mercado, força da equipa de colaboradores e saúde financeira), determinação da taxa de royalty, determinação da taxa de desconto, e determinação do valor económico da marca.

Na lista das marcas portuguesas mais valiosas estão: EDP com 2.876 M€ (+0,9%), Galp Energia com 1.702 M€ (+9,0%), Jeronimo Martins com 1.018 M€ (+11,6%), Pingo Doce com 816 M€ (+6,7%), Continente com 663 M€ (+46,7%), MEO 642 M€ (+1,4%), Millennium BCP com 637 M€ (-2,3%), CGD – Caixa Geral de Depósitos com 619 M€ (-2,7%), EDP Renovaveis com 615 M€ (+2,7%), Banco BPI com 509 M€ (+5,2%), NOS 438 M€ (+1,4%), Mota Engil com 349 M€ (+5,1%), Super Bock com 326 M€ (+27,3%), Fidelidade com 322 M€ (+17,1%), Sonae com 302 M€ (-9,9%), The Navigator Company com 250 M€ (+3,3%), Delta com 206 M€ (+44,1%), CTT com 197 M€ (+8,8%), TAP com 196 M€ (+7,7%), CUF com 176 M€ (+3,5%), Worten com 168 M€ (+10,5%), Novo Banco com com 162 M€ (+30,6%), Luz Saude com 152 M€ (+5,6%), Pestana com 148 M€ (+15,6%) e Sagres com 144 M€ (+18,0%).

Já entre as marcas que registam o maior crescimento de valor financeiro destacam-se, acima de 25%: Continente (+46,7%), Delta (+44,1%), Luso (+42,1%), Novo Banco (+30,6%), Vista Alegre (+29,2%), Super Bock (+27,3%), Sumol (+26,3%), Compal (+25,8%).

“De uma forma geral, assistimos a uma recuperação dos valores das marcas mais expostas ao efeito da pandemia, motivados essencialmente por melhores projeções de volume de negócios bem como melhores desempenhos que o esperado para o ano de 2021. Tendo por base o ano 2020, as 25 marcas Portuguesas mais valiosas cresceram 6,6% entre 2021 e 2020 e 13,5% entre 2022 e 2020”, explica João Baluarte, Partner da OnStrategy. O mesmo refere também: “Não obstante o bom desempenho das marcas, existe um clima de incerteza sobre a evolução dos fatores macroeconómicos, nomeadamente a inflação, a subida das taxas de juros e o espectro de recessão que se anuncia a curto prazo. O desfecho da guerra na Ucrânia, a sua manutenção durante um período longo no tempo, a incerteza sobre a manutenção do contexto de globalização, são outros fatores que podem vir a impactar no futuro a recuperação atual. Já no que diz respeito ao índice de Força de Marca, assistimos a pequenas variações, que demonstram a resiliência das principais marcas portuguesas, independentemente do contexto de crise e recuperação que temos assistido nos últimos anos”.

Artigo por New Men

Lexus NX450h Leaderboard
Lexus NX450h Leaderboard
LexusNX450h_NewMenPT_Leaderboard02
LexusNX450h_NewMenPT_Leaderboard02