PORTOVELLA LODGES: UMA VISTA SEM IGUAL SOB O DOURO

O VINHO FIUZA QUE JUNTA TRÊS CASTAS
9 de Março, 2021
PORTUGAL REGISTA 847 NOVOS CASOS E 30 MORTES NAS ÚLTIMAS 24 HORAS
9 de Março, 2021

PORTOVELLA LODGES: UMA VISTA SEM IGUAL SOB O DOURO

A oportunidade perfeita para desfrutar de um cenário idílico no Douro.

Com quase dois meses de recolher domiciliário obrigatório, somos constantemente forçados a pensar numa realidade pós-confinamento, em que possamos experienciar (quase) tudo aquilo a que temos direito.

O Portovella – Lodges & Bungalow é o mais recente alojamento turístico que nasceu no concelho de Baião desde o verão de 2020. Banhado pelas margens do rio e envolvido pelas soberbas paisagens da Pala, o projeto dispõe de várias suítes e seis bungalows. Ao todo, o Portovella – Lodges disponibiliza nove quartos distribuídos pelas instalações, sendo que todos os quartos partilham de uma vista incrível para o Douro. Um espaço que pauta pelo requinte, exclusividade e conforto, tornando-se no refúgio perfeito para uma estadia longe da confusão citadina.

Master Suite, Suite Familiar, Studio Suite ou Bungalow são algumas das opções que poderá optar quando se quiser hospedar no Portovella. As acomodações, num ambiente intimista e com um toque rústico, são a solução ideal para a próxima “escapadinha” romântica ou uma viagem em família.

No espaço exterior há uma piscina extensa de 15 por 5 metros, com vista sobre o Douro e um parque infantil para entreter as crianças. Se quiser sair da unidade hoteleira, terá a possibilidade de realizar passeios de barco, explorar o Douro vinhateiro ou mesmo efetuar uma prova de vinhos e espumante com as melhores ofertas da região. Poderá sempre optar por descobrir mais sobre a natureza e aproveitar os passeios de bicicleta ou de todo-o-terreno que a unidade hoteleira disponibiliza.

O hotel de Baião, a cerca de 36km de Vila Real, já está a aceitar reservas com preços a partir dos 130€ para bungalows e 190€ para estadias em suítes. Uma excelente opção para desconfinar, não?

 Este artigo foi escrito por Beatriz Bernardino