O TRÁGICO ASSASSINATO DE MAURIZIO GUCCI RETRATADO NO FILME ‘HOUSE OF GUCCI’

TOYOTA FAZ A DOBRADINHA NO WRC, CONQUISTANDO OS TÍTULOS DE PILOTOS E EQUIPAS
22 de Novembro, 2021
AS RODOVIÁRIAS PRIVADAS ESTÃO NOVAMENTE EM GREVE
22 de Novembro, 2021

O TRÁGICO ASSASSINATO DE MAURIZIO GUCCI RETRATADO NO FILME ‘HOUSE OF GUCCI’

Fonte: Adoro Cinema

Os fãs de moda e de cinema aguardam há muito a estreia do filme ‘House of Gucci’, com data marcada já para dia 25 de novembro deste ano.

O filme, realizado por Ridley Scott, conta a história de uma das casas de alta costura mais conhecidas do mundo, a casa ‘Gucci’. Apesar de Gucci ser facilmente um nome associado a moda, esta produção está mais relacionada com drama, crime e tragédia do que propriamente com alta costura.

Quando ouvimos o nome ‘Gucci’, associamos automaticamente a uma marca de luxo, sofisticação, irreverência e preços exorbitantes. Isto porque a tragédia da família, o caso mediático mais conhecido de Itália, foi abafado ao longo dos anos.

Fundada na cidade de Florença por Guccio Gucci, em 1921, a Casa Gucci começou com o fabrico, pela família, de peças de couro artesanais. A marca foi crescendo com o passar dos anos, principalmente pela reinvenção das peças, atraindo a atenção dos membros da elite italiana.

Contrariamente ao esperado, a história da Gucci não é feita apenas de luxo. A 27 de março de 1996, a marca foi terrivelmente manchada pelo assassinato de Murizio Gucci, neto do fundador desta Casa e herdeiro da Gucci. O assassinato foi encomendado pela ex-mulher, Patrizia Reggiani, conhecida desde então como ‘Viúva Negra’, interpretada no filme por Lady Gaga.

Maurizio casou-se com Patrizia em 1972, apesar de Rodolfo Gucci, pai de Maurizio, ser contra este casamento, principalmente pelo facto de Patrizia ter raízes humildes e ser filha de uma mulher que lavava loiça. Rodolfo fez de tudo para impedir o casamento, incluindo falar com o Bispo de Florença, mas não foi bem sucedido.

Em 1985, Maurizio foi de ‘viagem de trabalho’ a Florença e decidiu não voltar, dando início a um processo de divórcio bastante complexo que durou cerca de seis anos a ser concretizado. A relação entre o ex-casal tornou-se ainda mais conturbada quando Patrizia descobriu que Maurizio já namorava com uma mulher bastante mais nova que era amiga do casal há anos.

A 27 de março de 1995, Maurizio foi atingido por quatro tiros à entrada do seu escritório. O homicídio aconteceu em Milão, mas chocou o mundo e foi alvo de muita especulação. As investigações do homicídio demoraram dois anos, apesar de estarem nas capas de jornais de todo o mundo durante este período, até que as suspeitas, posteriormente confirmadas, recaíram sobre Patrizia.

Patrizia Reggiani foi condenada a 26 anos de prisão, tendo sido libertada após 16 anos por bom comportamento. Atualmente, com 72 anos, a ‘viúva negra’ vive em Milão e não nega o seu passado. Concordou contar a sua história no documentário ‘Lady Gucci: The Life of Patrizia Reggiani’, que é agora dramatizado por Hollywood com o filme ‘House of Gucci’.

Veja aqui ao trailer do filme:

Texto escrito por Luís Duarte Sousa

Toyota RAV4
Slider