MIGUEL OLIVEIRA CAI EM PORTIMÃO E SAI DE MACA

EUTANASIA É APROVADA NO PARLAMENTO
5 de Novembro, 2021
PEOPLE’S CHOICE AWARDS 2021: AINDA PODE VOTAR NO SEU FAVORITO
8 de Novembro, 2021

MIGUEL OLIVEIRA CAI EM PORTIMÃO E SAI DE MACA

O piloto português da KTM foi “abalroado” pela moto de Iker Lecuona quando seguia na décima posição no AIA.

Depois de ter partido do 17º lugar da grelha de partida, Miguel Oliveira recuperou até à nona posição. A apenas duas voltas do fim da corrida, e quando seguia no décimo lugar, o piloto português foi alvo de uma tentativa de ultrapassagem por dentro do piloto espanhol. A moto de Lecuona fugiu e foi embater na KTM nº88. Atingido pela moto do seu adversário na perna esquerda, Miguel Oliveira saiu da pista em maca, com suspeita de uma fatura, mas, felizmente, não passou de um susto e, pouco depois, o piloto nacional já era visto a andar pelo seu próprio pé.

Miguel Oliveira esteve numa emocionante luta pelo nono lugar com Pol Espargaró e Alex Rins, mas a meio da prova acabou por ceder posições para Eneagrama Bastianini e Brad Binder. Ainda assim, a corrida de Portimão foi dominada quase por completo por Francesco Bagnaia (Ducati) que terminou a prova de Portimão no lugar mais alto do pódio. Na segunda posição ficou o piloto da Suzuki Joan Mir e a terceira posição ficou para Jack Miller aos comandos da Ducati. Por falar nisso, a marca italiana garantiu no circuito do AIA o título do Mundo de Construtores.

Este Grande Prémio do Algarve de Moto GP foi também o penúltimo da carreira do virtuoso Valentino Rossi, que já anunciou o abandono das pista na última prova do campeonato em Valência. “Il Dottore” tem 42 anos e foi nove (9) vezes Campeão do Mundo, sete delas na categoria rainha (uma vez nas 500cm3 e seis em MotoGP).

Texto por Rui Reis

Toyota RAV4
Slider