LISBOA E PORTO: OS CROISSANTS QUE NÃO PODE PERDER

A NIKE E A SUPREME JUNTAM-SE PARA A COLEÇÃO OUTONO/INVERNO
7 de Setembro, 2020
“O FIM DO MUNDO” -MELHOR LONGA METRAGEM NACIONAL
7 de Setembro, 2020

LISBOA E PORTO: OS CROISSANTS QUE NÃO PODE PERDER

Lanchar fora não tem de ser um luxo. O que sugerimos são croissants até dois euros, mas que o vão deixar cheio de vontade de lá voltar.

Em Lisboa, ou no Porto é certo que existem amantes de croissants por todo o lado. Muitas vezes é a ideia perfeita para um pequeno-almoço ou um lanche. Os apreciadores de um bom croissant já sabem onde ir, mas nunca é demais relembrar.

Na capital, o nome “O Careca” é sinónimo de croissants cheios de manteiga. Inevitavelmente começamos logo a sentir o cheiro, e a imaginá-los numa caixa bem quentinhos. Esta pastelaria torna o Restelo uma paragem obrigatória para quem vem a Lisboa.

(Fonte: Facebook O Careca)

Não tão histórico, mas com vontade de fazer história, também temos o “Melhor Croissant da minha Rua”. O projeto começou em 2016, mas tem vindo a crescer. O único problema é decidir qual o recheio que vai escolher. Uma primeira trinca na massa folhada estaladiça é o que basta para se render.

(Fonte: Facebook O melhor croissant da minha rua)

Para os fãs de croissants cor-de-rosa sugerimos o “Choupana Caffé”. Assim que chegar ao sítio vai se deparar com uma montra que o vai fazer querer experimentar todos. O brilho da massa é o que o leva a ter mais olhos do que barriga.

(Fonte: Facebook Choupana Caffé )

Nem todos gostam de doces, mas também há a opção de croissants salgados. No Tarik, o recheio do seu croissant pode ser carne assada com maionese. A leveza e sabor distinto do croissant permite fazer várias combinações. Certamente, vai sair com um croissant quente na mão e barriga cheia quando chegar ao trabalho.

(Fonte: Facebook Tarik)

Agora que os lisboetas já têm o apetite aberto vamos também deixar o norte de queixo caído. No Boémia Caffé há sempre quem lá passe só para ir buscar um croissant. A massa brioche é o que se destaca com a sua altura e cor bem amarela.

(Fonte: site Zomato)

Os portuenses também parecem gostar muito da Padaria Ribeiro. O que salta logo à vista é a calda brilhante que completa e cobre todo o croissant. Já na Padaria do Bairro o croissant tem cobertura de chocolate, e pó de açúcar que nos suja ao comer, mas nos faz lamber os lábios no fim.

(Padaria Ribeiro)

Por último, se procura o intitulado croissant do porto pode encontrá-lo no menu da Padaria da Esquina. Tem três opções: com ovo, misto ou simples. Parece igual a qualquer um, mas quem o prova diz ser diferente de todos.

(Fonte: Facebook Padaria da Esquina)

Este artigo foi escrito por Marta Pereira Laranjeira

Toyota RAV4
Slider