JÁ PODE ENCOMENDAR INSETOS COMESTÍVEIS NA UBER EATS DO PORTO

PADEL: A NOVA MODA PARA TODOS (COM OU SEM EXPERIÊNCIA)
11 de Outubro, 2021
O ROYAL PALACE PREPARA A SUA ENTRADA EM 2022
12 de Outubro, 2021

JÁ PODE ENCOMENDAR INSETOS COMESTÍVEIS NA UBER EATS DO PORTO

Snacks, barras proteicas, chocolates e farinha de inseto proteica são algumas das iguarias que já pode encontrar na Uber Eats.

A Portugal Bugs, a primeira empresa portuguesa a comercializar produtos alimentares com insetos comestíveis no mercado nacional, chegou à Uber Eats com um menu que mostra a diversidade dos seus produtos.

Todos os produtos da Portugal Bugs são feitos através da transformação da espécie tenebrio mollitor ou larvas, e da sua integração em produtos alimentares. O resultado disso são especiarias com um alto teor de fibra, minerais, vitaminas e ácidos gordos essenciais, além de serem uma fonte de proteína altamente sustentável.

Os Tasty Mealworms são snacks desidratados temperados com sal marinho ou pimenta cayene, perfeitos para acompanhar uma bebida ao final da tarde ou para acrescentar e dar crocância a saladas, sopas ou massas. As barras proteicas Mealworm Bites são produzidas com ingredientes 100% naturais e com o mínimo de processamento possível e têm quatro tipos de sabores: manteiga de amendoim e mel, maçã e canela, figo e laranja, e chocolate e amêndoa.

No menu da Uber Eats têm também gelados de manteiga de amendoim ou framboesa com insetos caramelizados, ou os choconebrios, snacks de chocolate de leite ou negro com 70% cacau, sem adição de açúcares. Estão também disponíveis para encomenda a farinha de alphitobius diaperinus, que pode ser usada para quiches, bolos, batidos, smoothies ou panquecas.

Os produtos encontram-se com preços acessíveis para desafiar os utilizadores a provarem as iguarias. Numa fase inicial, as entregas estão disponíveis apenas no Porto e com taxa de entrega gratuita até ao final de outubro.

A Portugal Bugs está disponível na Uber Eats todos os dias das 9h às 23h.

previous arrow
next arrow
Slider

Texto escrito por Yauri Neto