FERNANDO SANTOS DEVE FICAR OU NÃO À FRENTE DA SELEÇÃO NACIONAL?

A GLOBALIS TRAZ-LHE 5 VANTAGENS DE CONTRATAR UMA AGÊNCIA PARA AS VIAGENS DA SUA EMPRESA
17 de Novembro, 2021
A APLICAÇÃO KLARNA JÁ CHEGOU A PORTUGAL
17 de Novembro, 2021

FERNANDO SANTOS DEVE FICAR OU NÃO À FRENTE DA SELEÇÃO NACIONAL?

O selecionador, Fernando Santos, está a dividir opiniões entre os portugueses.  

Nos últimos jogos, sucederam-se críticas ao estilo de jogo que o selecionador implementou, tendo em conta a qualidade dos jogadores que a equipa tem à disposição. Após a derrota com a Sérvia no Estádio da Luz, os portugueses mostraram a sua frustração, tanto no estádio, onde se despediram da equipa com lenços brancos, dirigidos ao selecionador, como nos diversos espaços de opinião e redes sociais, onde cresceram os pedidos de demissão do treinador.  

No entanto, nos gabinetes da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), a saída de Fernando Santos foi cenário que nunca esteve em cima da mesa, segundo o jornal “A Bola”. A frustração dos adeptos com o selecionador estendeu-se a jogadores, equipa técnica e dirigentes, mas o momento exige estabilidade. O único objetivo é que a Seleção Nacional garanta a presença no Mundial 2022, no Catar.  

Fernando Santos renovou contrato há pouco mais de um ano, estando no cargo de selecionador desde setembro de 2014. Com um contrato até 2024, Fernando Santos continuará com este cargo até pelo menos março. Se conseguir o apuramento para o Catar, irá ser também selecionador no Campeonato do Mundo. Se isso não acontecer, a situação terá de ser avaliada.  

A estrutura dirigente da Federação Portuguesa de Futebol mantém total confiança no treinador que levou Portugal à conquista dos seus únicos dois títulos internacionais, o Campeonato da Europa em 2016 e a Liga das Nações em 2019, e será ele a orientar a Seleção Nacional no play-off que disputará em março para garantir presença no Mundial 2022. 

O jornal “A Bola” pediu aos leitores a sua opinião concreta sobre o futuro imediato de Fernando Santos. 46,2% das pessoas que responderam disseram que o selecionador deve demitir-se, 38,6% respondeu que deve ser demitido e 15,2% diz que Fernando Santos deve continuar e orientar a Seleção no play-off.  

Texto escrito por Maria Ana Tojo

Toyota RAV4
Slider