ESTA DESCOBERTA PODE VIR A AJUDAR AS VÍTIMAS DE AVC 

EX-JOGADOR DA NBA MORRE AOS 25 ANOS
22 de Junho, 2022
SAIBA COMO ACABAR COM O CALOR EM CASA SEM TER DE RECORRER A VENTOINHAS 
23 de Junho, 2022

ESTA DESCOBERTA PODE VIR A AJUDAR AS VÍTIMAS DE AVC 

Os cientistas da fundação Champalimaud descobriram um mecanismo que pode auxiliar no processo de regeneração das células cerebrais. 

Dez cientistas da Fundação Champalimaud, em Lisboa, descobriram um mecanismo que pode ajudar todas as vítimas de AVC. Quando alguém sofre um acidente vascular cerebral (AVC) ou lesões cerebrais, os danos são notórios. Geralmente, os neurónios que se perdem nunca mais se recuperam.  

É por esse motivo que muitas das vítimas de AVC acabam por ficar com limitações motoras e cognitivas, como paralisia, fraqueza nos músculos ou dificuldades na fala. Agora, a equipa de investigadores fez uma descoberta inédita que pode mudar a vida destas pessoas. 

“Descobrimos como as células estaminais neurais detetam os danos e são recrutadas para reparar o tecido. Estes resultados poderão constituir um primeiro passo no desenvolvimento de fármacos que promovam a formação de novos neurónios na sequência de uma lesão cerebral”, explica a líder do estudo, Christa Rhiner, citada pelo Jornal de Notícias

Para perceberem como funciona a regeneração cerebral, os cientistas utilizaram os modelos animais da mosca e do rato, uma vez que o cérebro destes animais também contem células estaminais neurais. “Muitos sinais químicos (moléculas) e formas de comunicação intercelular são comuns aos humanos, às moscas e aos ratinhos. Portanto, é provável que aquilo que aprendemos com estes modelos animais seja relevante para perceber a fisiologia humana”, sublinha. 

Artigo por Maria Ana Tojo

Lexus NX450h Leaderboard
Lexus NX450h Leaderboard
LexusNX450h_NewMenPT_Leaderboard02
LexusNX450h_NewMenPT_Leaderboard02