AUDI GARANTE A PRIMEIRA VITÓRIA NUMA ETAPA DO DAKAR PARA UM AUTOMÓVEL ELECTRIFICADO

RÚBEN AMORIM TESTOU POSITIVO À COVID-19
5 de Janeiro, 2022
A SOBREMESA QUE PODE FAZER EM MENOS DE UM MINUTO
5 de Janeiro, 2022

AUDI GARANTE A PRIMEIRA VITÓRIA NUMA ETAPA DO DAKAR PARA UM AUTOMÓVEL ELECTRIFICADO

Audi RS Q e-tron #202 (Team Audi Sport), Carlos Sainz/Lucas Cruz

O piloto Carlos Sainz venceu a terceira etapa da 44ª edição do Dakar ao volante do novo Audi RS Q e-tron.

O espanhol da Audi venceu a tirada em Al Qaysuma com o tempo de 2h26m51s, batendo Henk Lategan por apenas 38 segundos e o seu companheiro de equipa, Stéphane Peterhansel, por 1m41s.

Este foi o regresso da Audi às vitórias em etapas do Dakar, o que não acontecia há 37 anos, desde que Bernard Darniche se impusera na sexta da edição em 1985 com um Quattro V10. O construtor de Ingolstdat éo primeiro a enfrentar o Dakar com um conceito inovador que combina um motor TFSI a gasolina com uma transmissão elétrica conectada a uma bateria de alta voltagem e um conversor de energia altamente eficiente.

Team Audi Sport

Sainz conseguiu assim ganhar 5 minutos a Nasser Al-Attiyah (oitavo na etapa), mas o tempo perdido pelo espanhol nos primeiros dias ainda não lhe permite acalentar o sonho de bater o qatari da Toyota. Este, aliás, acabou mesmo por reforçar a liderança em relação ao mais próximo perseguidor, pois Sébastien Loeb teve vários problemas nesta etapa e acabou a perder mais de meia hora para Sainz.

O piloto português Miguel Barbosa (Toyota Hilux) tem estado adoentado e nesta etapa foi apenas 47.º classificado, tendo ficado a 43m41s de Sainz.

Texto por Rui Reis

Spiderman Leaderboard
Slider